Responsabilidade Social NPHS

RESPONSABILIDADE SOCIAL

No âmbito da promoção da responsabilidade social das empresas, o Município de Braga, através do Banco Local de Voluntariado (BLV), desenvolveu o Programa de Voluntariado Empresarial que visa a mobilização das empresas a favor de causas sociais e de apoio a cidadãos em situação de vulnerabilidade social.

Com o intuito de fomentar a responsabilidade corporativa junto da comunidade e contribuir para a coesão social, o Programa de Voluntariado Empresarial tem a duração de um ano apoiando, mensalmente, uma Instituição do Concelho de Braga.

A empresa Bracarense, Nuno Pereira ‘Hair Studio’, um salão de estética capilar, aderiu ao Programa de Voluntariado Empresarial e está a promover uma iniciativa de responsabilidade social, que consiste na realização mensal de angariação de bens para as Instituições de Solidariedade Social do Concelho de Braga, em troca da prestação de serviços gratuitos no salão.

«Nuno Pereira Hair Studio desafiado a apoiar causas sociais»

PROJETO

Este projeto de solidariedade, com o apoio da Câmara Municipal de Braga, tem o nome de NUNO PEREIRA HAIR STUDIO E A CIDADE DE BRAGA UNIDOS POR UMA CAUSA. O projeto está dividido em 3 áreas:
Workshops: No âmbito da responsabilidade social, a empresa Nuno Pereira Hair Studio propôs realizar Workshops de Imagem para adolescentes que estão em associações/projetos sociais em situação de vulnerabilidade social. Neste Workshop os temas que vamos tratar são: a transformação do seu visual, melhorar a sua auto estima e aprender como tratar do seu look em poucos minutos, com as suas próprias mãos, onde está incluído a área de Cabelos, Make up e unhas.

Apoio a instituições: A empresa Nuno Pereira Hair Studio propõe dedicar um dia por mês a uma instituição diferente, em que a nossa equipa OFERECE UM BRUSHING ÀS SENHORAS ( valor €13.85 ) e aos HOMENS UM CORTE DE CABELO ( Valor €13.25 ) em troca de donativos para a Associação.

Tratamento de imagem: Voluntariado Empresarial que consiste em tratar da imagem de pessoas carenciadas que vão a uma entrevista de emprego, desde fazer um brushing, um corte adequado ou retoque de cor, para que dessa forma sigam para a entrevista com mais confiança em si mesmas. Essas pessoas são reencaminhadas para o salão através da câmara. Está previsto ser uma ou duas vezes por mês conforme a procura de emprego.

Eu e a minha equipa criamos este projeto porque juntos podemos estender a mão a quem mais precisa, podendo fazer com que a vida destas pessoas seja um pouco mais fácil e podendo colocar­-lhes um sorriso no rosto.